Você sabe o que são neuróbicas? Vamos praticar um pouco?

Você já se imaginou realizando algumas ações esquisitas, como tomar banho no escuro, andar de costas para chegar a outro cômodo na sua casa ou comer de olhos fechados?

Embora possam parecer estranhas, elas exercem ótima função. São atitudes, capazes de estimular bastante o nosso cérebro e tirá-lo da zona de conforto. Essas ações esquisitas são chamadas de neuróbicas ou ginástica cerebral!!! Elas funcionam como exercícios aeróbicos para o nosso cérebro, ativando novas conexões sinápticas e potencializando suas habilidades.

Quando fazemos as mesmas coisas com frequência, é comum ligarmos o piloto automático, pois já conhecemos a atividade. Assim o nosso cérebro entra na zona de conforto e começam as falhas de memória, raciocínio lento, problemas de concentração…

Pensando nisso, avalie o seu dia-a-dia. Quando você sai de casa para ir ao trabalho ou à escola, você precisa parar e pensar que caminho vai seguir? Quais ruas você terá que passar? Provavelmente, não. Então, por várias horas o seu cérebro não precisa se esforçar, não é estimulado.

A ideia da neuróbica – que funciona como uma atividade aeróbica para os neurônios – é justamente tirar o cérebro do “stand by” para fazer juz ao seu potencial e assim melhorar as habilidades cognitivas.

“As neuróbicas estimulam padrões de atividade neurais que criam conexões entre as diferentes áreas do cérebro e fazem com que as células nervosas produzam nutrientes naturais do cérebro, as neurotrofinas, que podem aumentar de maneira considerável o tamanho das dendrites das células nervosas”, explica Solange Jacob, Diretora Pedagógica do Método SUPERA.

Segundo ela, para que uma atividade seja considerada “neuróbica”, é preciso envolver um ou mais dos seus cinco sentidos em um novo contexto e/ou transformar uma atividade rotineira em algo inesperado e não-trivial.

“Porém, para exercitar o cérebro em sua totalidade, é preciso mais que neuróbicas!”, alerta Solange. “Apesar dessas atividades ajudarem a estimular a mente, a metodologia completa de ginástica para o cérebro do SUPERA proporciona resultados efetivos no desenvolvimento das habilidades cognitivas, socioemocionais e éticas, garantindo melhor qualidade de vida e real melhora da memória, concentração, raciocínio…”, completa.

Para começar a tirar seu cérebro da zona de conforto, você pode praticar alguns exercícios no seu dia-a-dia. Sugerimos aqui 20 ações diferentes:

  1. Use o relógio de pulso no braço direito (ou no braço esquerdo, se for canhoto);
  2. Escove os dentes ou escreva em uma folha de papel com a mão contrária da de costume, concentre-se nos pormenores que você nunca havia reparado;
  3. Ande pela casa de trás para frente; (na China há muitas pessoas que treinam isso em parques);
  4. Se vista de olhos fechados;
  5. Estimule o paladar, coma coisas diferentes;
  6. Veja fotos de cabeça para baixo e tente observar cada detalhes que antes lhe passara despercebido;
  7. Veja as horas num espelho;
  8. Faça um novo caminho para ir ao trabalho ou introduza pequenas mudanças nos seus hábitos quotidianos, transformando-os em desafios para o seu cérebro;
  9. Converse com o vizinho que nunca dá bom dia;
  10. Comece agora trocando o mouse de lado;
  11. Decore uma palavra nova por dia, de seu idioma ou de outro e tente aos poucos introduzi-la em suas conversas de forma adequada;
  12. Os adjetivos são uma espécie de lápis de cor da linguagem, permitindo-nos descrever e diferenciar algo. Folheie uma revista e procure uma fotografia que lhe chame a atenção. Agora escreva 25 adjetivos que ache que a descrevem e/ou ao tema fotografado;
  13. Ao entrar numa sala onde esteja muita gente, tente determinar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os;
  14. Quando for a um restaurante, tente identificar os ingredientes que compõem o prato que escolheu e concentre-se nos sabores mais subtis. No final, tire a prova dos nove junto do empregado;
  15. Selecione uma frase de um livro e tente formar uma frase diferente utilizando as mesmas palavras. Experimente jogar a qualquer coisa que nunca tenha tentado antes;
  16. Compre um puzzle e tente encaixar as peças corretas o mais rapidamente que conseguir, cronometrando o tempo. Repita a operação e veja se progrediu;
  17. Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado, em vez de elaborar uma lista. Utilize mnemônicas ou separe mentalmente o tipo de produtos que precisa;
  18. Ouça as notícias na rádio ou na televisão quando acordar. Durante o dia escreva os pontos principais de que se lembrar;
  19. Ao ler uma palavra pense em outras cinco que comecem com a mesma letra;
  20. Leia atentamente e reflita sobre o texto. A atividade da leitura faz reforçar as conexões entre os neurônios. Para a mente, ainda não inventaram melhor exercício do que ler atentamente e refletir sobre o texto.

Interessante, não é mesmo? Aproveite para conhecer o Método SUPERA de perto! Preencha o formulário no final dessa página e agende uma AULA DEMONSTRATIVA.

Se gostou, compartilhe este artigo com seus amigos através das redes sociais abaixo.

Você quer conhecer melhor o Método SUPERA?

Fale conosco AGORA MESMO pelo Whatsapp!

Sobre o Autor

Método Supera RJ Méier
Método Supera RJ Méier

O Supera – Unidade RJ Méier fica localizado no Méier, na Rua Intendente Cunha Menezes, 30. A nossa unidade foi implantada em Maio/2018.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Solicitar exportação de dados

Utilize este formulário para solicitar uma cópia dos seus dados neste site.

Solicitar remoção de dados

Utilize este formulário para solicitar a remoção dos seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Utilize este formulário para solicitar a retificação dos seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Utilize este formulário para solicitar o cancelamento de inscrição do seu e-mail em nossas Listas de E-mail.